08/07/12

rpmp


esta é a primeira vez que escrevo para ti. já senti vontade de o fazer inúmeras vezes, mas sinceramente, nunca tive a coragem de escrever, aquilo que não tive, nem tenho coragem de te dizer. talvez seja por medo. medo da tua resposta. 
custa-me tanto estar sem ti. saber que não estás do meu lado, como estiveste. que já não sentes por mim, aquilo que sentias, e que não vamos mais viver momentos como os que já passamos juntos. tenho saudades tuas, muitas mesmo. a maior parte do tempo, tenho vontade de te ligar, ouvir a tua voz, estar contigo, e fazer com que volte tudo a ser como antes, ou melhor ainda. sentia-me tão bem do teu lado, acho que não tens noção do quanto, foste a melhor coisa que me aconteceu, e foste também, sem dúvida, a minha maior paixão até agora. talvez a única verdadeira paixão que tive. 
gostava tanto de adormecer com uma mensagem tua, a dizer que me amavas, e depois de acordar, a tua mensagem ser a primeira que recebia. lembro-me de muitas das coisas que me disseste, algumas perfeitas mesmo, que sei que nunca vou esquecer. quando, a meio da noite, me mandavas mensagens a dizer "amo-te muito", sentia-me tão bem ! quando dizias que eu era linda, e que era tudo para ti .. se te tivesse a ti do meu lado, tinha o suficiente para ser feliz. eras tudo para mim, e de certa forma, ainda és. ainda não me habituei à ideia que já não é de mim que gostas .. ainda espero, todos os dias, uma mensagem tua, qualquer coisa. ainda penso nos nossos momentos a dois, ainda penso em formas de te demonstrar o meu amor por ti. sempre que o meu telefone toca, o meu coração dispara, na esperança de que sejas tu a dar sinal de vida, mas nunca és. já não és mais tu a última pessoa com quem falo antes de dormir, nem a primeira depois de acordar. 
já perdi a conta das vezes que me custou a adormecer, a pensar em ti, em nós. a tentar descobrir o que mudou em mim, em ti, naquilo que tínhamos. parecia tudo tão perfeito, e de um momento para o outro, já não há mais nada. só memórias, dos melhores tempos que tive. da pessoa que melhor me fez, embora também me tenha feito sofrer por vezes. mudaste a minha vida por completo. é que, por mais que me magoes, não consigo deixar de te amar. apanhaste-me completamente. e sabes ? independentemente de tudo, o que eu mais queria era voltar para ti. está a ser mesmo difícil estar sem ti, e ter que fingir que está tudo bem, fingir que não me fazes falta. mas fazes, e muita, acredita!
sinto, diariamente, uma grande saudade tua, que só parece que cresce a cada dia que passa. há dias em que o que mais me apetece é ligar-te, falar contigo. às vezes sinto-me tão estúpida, porque fui demasiado orgulhosa para não deixar que, aos poucos, te afastasses de mim. percebi que algo estava mal, e não fui capaz de pôr o meu orgulho de lado. quando o pus de parte, já era tarde demais.
mas por mais tempo que passe, ainda não consigo, nem tenho vontade de te esquecer. talvez seja uma estupidez da minha parte, mas não sei, há algo em ti, que não me deixa desistir de nós .. não me vejo com mais ninguém a não ser contigo, "vc é o encaixe perfeito do meu coração" nem sei, ainda sinto que tenho tanto para te dizer, mas faltam-me as palavras para o fazer ..amo-te, tanto, mas tanto .. e só te queria de volta ! 

Sem comentários:

Enviar um comentário